Marcelo Figueiredo Portugal Gouvêa

Um dia cada um de nós nasce, sem saber que iria nascer. Um dia cada um de nós morre, sem saber que iria morrer. A esse espaço de tempo que habitamos no mundo, chamamos “vida”. Todos temos um grande compromisso: ser feliz. E, permanentemente, lutamos por isso. Entretanto, alguns de nós transcendem os limites da própria vida e, conscientes da realidade que nos cerca, plenos de amor e generosidade, buscam a felicidade dos outros. Ou seja, são felizes quando podem estender esse sentimento ao próximo. Esse é, exatamente, o caso de Marcelo Portugal Gouvêa. Ele foi um exemplo de compromisso com importantes valores, como: ética, educação, cultura, trabalho, empreendimento, realizações, justiça e, sempre, a determinação em gerar felicidade. Fez isso na vida pessoal, como filho, irmão, marido, pai e avô. Fez isso no exercício da advocacia, pontuando entre os melhores da área no País. Fez isso na vida social, como diretor e, também, presidente em duas gestões do São Paulo Futebol Clube. Sua passagem pelo clube que tanto amava, deixou claro seu espírito de humanidade. Os atletas, os membros da Comissão Técnica, os trabalhadores (em especial os mais humildes), os torcedores, os dirigentes dos times adversários, todos o respeitavam e admiravam. Para se ter uma pequena ideia do carinho por Marcelo Portugal Gouvêa, no domingo após sua morte, o SPFC venceu o Fluminense e se sagrou campeão brasileiro de 2008. Ao final da partida, o goleiro e ídolo histórico do clube, Rogério Ceni, disse à imprensa: “Seria muito injusto que ele visse o título daqui. O céu é o lugar certo para uma pessoa como ele festejar”. Desde 1992, unidas pela fé em um grupo de oração, algumas mulheres pensavam em começar um trabalho efetivo de ajuda ao próximo. Em especial, famílias carentes da cidade de São Paulo. E foi em 2000 que fundaram a Associação de Assistência Familiar Teresa de Calcutá (AFATEC). Marcelo Portugal Gouvêa, marido de uma delas, a Rochelle, foi um dos fundadores, permanente colaborador e doador, tornando-se patrono da instituição. Homem lúcido, informado e politizado, Marcelo sempre incentivou o trabalho de apoio às famílias carentes. E, além disso, valorizava a importância de não apenas entregar alimentos, mas, acima de tudo, atuar na conscientização das pessoas na busca de dignidade e crescimento social. Este registro no site da AFATEC faz justiça a um homem que dedicou toda sua vida à justiça, dos homens e de Deus.

 

Ricardo Viveiros

Jornalista e Escritor

AFATEC  |  ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA FAMILIAR TERESA DE CALCUTÁ

CNPJ: 04.260.954/0001-94


Rua das Cambevas, 111  |  Jardim Santa Terezinha |  Cep: 04474-090

São Paulo  |  Brasil

Telefone: 11 991725986

 

E-Mail Contato